Page 177 of 207

Glee


Exibida pela FOX desde Novembro no Brasil, Glee é uma série do gênero comédia musical que me conquistou de primeira. Porque eu amo séries e pricipalmente musicais. Eles cantam todo tipo de música e isso que faz a série tão legal.

“O professor Will Schuester tem como objetivo reerguer o Glee Club (o coral da escola McKinley), mas isso não vai ser nada fácil, devido à baixa reputação que ele teve após alguns incidentes do passado. Por isso, ele vai precisar de toda a ajuda possível, e é aí que entram Rachel e Finn, dois estudantes muito populares e praticamente opostos, mas que vão conseguir fazer com que o coral seja um sucesso.”

O cartaz da série mostra os personagens fazendo a letra L com a mão, o que pode ser entendido como um símbolo para losers, ou perdedores, que no exterior são os nerds, os góticos, os gordinhos, homosexuais e justamente o grupo de pessoas que começa a participar do Glee Club para ver se suas vidas mudam.

Eles vão enfrentar a ira da professora de educação física que quer que suas Cheerleaders sejam as únicas estrelas do colégio, assim como quer manter seus benefícios, como o de lavar roupas a seco na Europa. E sempre tem algo acontecendo de ruim neste grupo, mas eles nunca desistem e sempre apresentam músicas lindas de maneira diferente e divertida!

Até agora a série tem me agradando bastante e recomento a todos que curtem musicais. Algumas situações são hilárias, como quando o personagem Kurt joga futebol americano dançando “Single Ladies”. Assistam que a diversão é certa!

Imagens: Glee Brasil e Folha On-Line

Lua Nova + 2012

A Saga Crepúsculo:Lua NovaRating: ★★★☆☆“Um incidente na festa de aniversário de Isabella “Bella” Swan (Kristen Stewart) faz com que Edward Cullen (Robert Pattinson) vá embora. Arrasada, Bella encontra consolo ao lado de Jacob Black (Taylor Lautner). Aos poucos ela é atraída para o mundo dos lobisomens, ancestrais inimigos dos vampiros, e passa a ter sua lealdade testada. Quando descobre que a vida de Edward está em perigo, Bella corre contra o tempo para ajudá-lo no combate aos Volturi, um dos mais poderosos clãs de vampiros existentes.”

Bem, acho que o segundo filme da saga de vampiros que brilham no escuro foi bom. Comparado com o primeiro este segundo filme vem com efeitos um pouco melhor elaborados(tirando os “cachorrinhos grandes”), a história segue uma linha sem ficar enrolando demais, como o primeiro fez, fluindo melhor na tela. Mas o que é este trio de atores sem expressões que temos nesse filme? Achei os três sem sal demais, e pior, Dakota Fanning está sem sal! Quando esta menina ficou sem sal??? Mas achei que o filme passou bem a história do livro, mesmo mudando algumas coisas.

2012[ratind:3/5] “Em 2008, o presidente americano (Danny Glover) convoca uma reunião de emergência com as principais potências para conversar sobre um grande perigo para a humanidade. Os anos passam e, com a proximidade de 2012, as autoridades decidem que não é mais possível conter o perigo eminente que pode significar o fim do mundo. Com isso, colocam em prática o plano iniciado anos atrás, sob o comando dos cientistas Adrian Helmsley (Chiwetel Ejiofor) e Carl Anheuser (Oliver Platt). Enquanto isso, o escritor Jackson Curtis (John Cusack) leva sua vida de marido separado, pai de dois filhos, como motorista de limusine e tendo que aturar as reclamações da ex esposa (Amanda Peet). Ao levar os filhos para passear, ele descobre os primeiros sintomas da destruição do planeta.”

Apesar do filme ser sobre o fim do mundo em 2012, que foi previsto pelos maias(ok, na verdade apenas uma das rodas do calendário que vai acabar e começar de novo, mas..) acho que foi apenas mais um filme de fim de mundo. Efeitos, claro, MAGNÍFICOS, mas historinha de sempre: presidente americano é soberano-deus-dos-homens-bonzinho, ele que descobre tudo, que organiza tudo, a salvação do mundo está nas mãos dos EUA, ó EUA! Tem a família que se junta-arrepende-volta-a-ser-o-que-era, o personagem-que-faz-tudo-e-morre, os momentos de tensão-vou-ficar-sem-ar, o louco-eu-sabia-desde-o-começo e é isso. Só isso. 2012 tira sim o fôlego, mas é o mesmo enredo de qualquer outro filme de fim do mundo, breve na Sessão da Tarde.

Caderninho de Quinta #11

Desculpem o atraso, a faculdade me mata.

DIF 2009

Todo ano na minha faculdade o curso de Desenho Industrial é responsável pela organização do evento “Desenho Industrial Fashion”, desde decoração, iluminação, passarela, até as roupas e as modelos.
Este ano o tema foi tribos musicais, e juro que o pessoal se superou, porque o desfile foi MARAVILHOSO! E como sei que muita gente que le meu blog, principalmenteas meninas, amam moda, então resolvi compartilhar o evento com vocês.



Vídeo da abertura do desfile, feito por Valdir Brandão


Antes do desfile as meninas tiram fotos no estúdio da faculdade. E depois da sessão todo mundo nervoso pra entrar e arrazar. As meninas entravam passando por dentro da boca mais famosa do mundo da música, a boca do Rolling Stones, e deslizavam pela língua, a passarela, mostrando os visuais para a nota dos jurados. Escolhi 5 roupas pra mostrar pra vocês:

A primeira roupa é a mistura de Tropicália e Folk, eu achei um doce de roupa, que ao mesmo tempo que era colorida como a tropicália, foi doce, meiga e calma como o folk. Ficou em segundo lugar.

A segunda é a mistura de Punk e New Wave(totalmente Madonna nos anos 80) e que eu achei a roupa mais linda do desfile, acho que por causa das cores e dos brilhos (sou muito colorida). Meia calça linda!

A terceira é uma junção de Carmem Miranda e hip hop. Cores vibrantes, frutas na cabeça remetem às roupas estravagantes de Carmen, mas o toque do top largo como o pessoal que curte o hip hop gosta de usar caiu bem!

A roupa que eu queria pra mim, misturada com clubber e gótico. As cores vibrantes e flúor dos clubbers, que eu amo de paixão, com o preto do gótico, simplesmente um LOOCHO! Aproveito para agradecer novamente ao casal/dupla que me deu esta meia maravilhosa e juro que torci por vocês, mas terceiro lugar também é bom!

E a última, porém não a menos importante: a roupa vencedora, que combinou gafieira com tango. Os rasgos provocantes das roupas de tango se misturam com listras e chapéu do samba. Mistura maluca mas que deu certo!

E aí? O que acharam?

Agradecimento à Jéssica do Por que os Homens São Babacas que me ajudou a encontrar as fotos.

Cris, meu anjo + Natal na Rep

Poisé, pra quem não conhece a Cris, proprietária e DONA no Honey Milk. Por que ela me salvou? Porque ela ouviu meu chamado de socorro no Twitter:

“_ Alguém, pelo amor de Eru, me compra uma blusinha da Pequena Sereia na C&A?”

Tudo começou quando vi o post no site da Lia, com a coleção nova das blusinhas da Disney: Tico e Teco, Jasmine e … ARIEL! Quando vi isso surtei e corri na C&A que tem na cidade mais próxima daqui e NADA! A tal coleção não viria pra ca. Este foi meu momento de surtar, como eu não teria a blusinha da minha “ídola” desde pequenininha? Mas graças ao bom Deus existem pessoas boas nesse mundo e essa pessoa foi a Cris. VALEU CRIS!!!

A da Jasmine viaja segunda ao encontro da dona em São Carlos, nem cojitei ter uma Jasmine por dois motivos: 1- eu gastei com a do Tico e Teco e 2- ela tem babadinhos e no meu ombro de nadadora não fica bom.


E… blog com carinha natalina!
Como vocês sabem, moro em república, então pra não ficar totalmente com cara de “não é natal” fizemos mini guirlandas pros quartos! Fofas, né?

Filmes e Séries de Vampiro

E como não podia faltar, no nosso último dia de vampiros, a sétima arte!

Nosferatu (1922) “Filme clássico do expressionismo alemão. Quase uma década antes da audiência americana ser aterrorizada por Bela Lugosi como Conde Drácula, a Alemanha ficou horrorizada com a imagem do vampiro Nosferatu. Baseado na obra ‘Drácula’ de Bram Stoker, o filme conta a história de um corretor da cidade de Bremen que deixa a sua noiva para ir à costa do Mar Báltico, fazer a venda de um castelo cujo proprietário é o conde Orlock.”

Ok, esse cara me da nervoso demais e é por isso que até hoje não assisti o filme.

Os Garotos Perdidos (1987) “Lucy (Dianne Wiest) vai morar com Michael (Jason Patric) e Sam (Corey Haim), seus filhos, em Santa Clara, uma cidade que tem muitos jovens desaparecidos. Logo os dois irmãos descobrem que uma gangue de motoqueiros está mais morta do que viva, pois estão se transformando em vampiros. Sam tem que trabalhar rápido, pois Michael está se apaixonando por Star (Jami Gertz), uma destas criaturas, e está gradualmente se tornando um deles.”

Primeiro filme de vampiro que me lembro de ter visto. Fiquei com medo acredita? Mas hoje gosto dele.

Drácula de Bram Stoker(1992) “No século XV, um líder e guerreiro dos Cárpatos renega a Igreja quando esta se recusa a enterrar em solo sagrado a mulher que amava, pois ela se matou acreditando que ele estava morto. Assim, perambula através dos séculos como um morto-vivo e, ao contratar um advogado, descobre que a noiva deste a reencarnação da sua amada. Deste modo, o deixa preso com suas “noivas” e vai para a Londres da Inglaterra vitoriana, no intuito de encontrar a mulher que sempre amou através dos séculos.”

Este eu nunca vi, e não sei porque tenho medo de ver. Sou muito medrosa pra filmes que parecem ser de terror.

Entrevista com o Vampiro (1994) “Acidentalmente um repórter (Christian Slater) começa uma conversa com um homem (Brad Pitt) que diz ser um vampiro com duzentos anos e conta a trajetória de sua vida, desde a época em que ainda não era vampiro e como foi infectado pelo vampiro Lestat (Tom Cruise), com quem teve grandes aventuras mas também grandes desavenças”

Fiz resenha dele aqui.

Drácula 2000 (2000) “Um jovem caçador de vampiros (Jonny Lee Miller), ainda em treinamento, enviado de Londres até Nova Orleans para proteger Mary Van Helsing (Justine Waddell) do vampiro Drácula (Gerard Butler), que pretende capturá-la.”

Ok, não é lá um filme maravilhoso, mas eu achei bem legal! Posso dizer que é um filme que eu gostei de assistir.

Bem, se eu não colocasse minhas séries favoritas aqui, eu nunca me perdoaria ainda mais que elas são sobre vampiros!

Buffy, A Caça-Vampiros(1997) “Foi criticamente aclamada e mantem um forte estatuto como cult serie. A narrativa segue a vida de Buffy Summers (Sarah Michelle Gellar), a mais recente em uma linha de jovens mulheres conhecidas como Caçadoras. Caçadoras são escolhidas pelo destino para a batalha contra vampiros, demônios, e outras forças das trevas. Tal como anteriores Caçadoras, Buffy é auxiliada por um Sentinela, que orienta, ensina, e os conduz. “

O que eu mais gostava MESMO na série da Buffy era a Willow, a bruxa que é amiga e vira malvadona, adorava ela de todo meu coração.

Angel (1999) “A série é um spin-off de Buffy, A Caça-Vampiros(se vocês reparartem no cartaz em cima é o Angel), contando a vida do vampiro com alma Angel, lutando em Los Angeles contra o Mal. Os detalhes mostram os julgamentos em curso de Angel, um vampiro cuja alma humana foi devolvida a ele por ciganos como uma punição pelo assassinato de um dos seus. Depois de mais de um século de assassinato e tortura de inocentes, a alma restaurada de Angel o atormenta com a culpa e remorso.”

Angel foi minha paixão platônica de adolescente. Enquanto muita gente sonhava com boysband eu preferia um vampiro. Que tal? E achava a Cordelia super engraçada! Além do humor sarcástico do Angel ser muito bom.

« Older posts Newer posts »

© 2015 Chocottone.com

Theme by Anders NorenUp ↑